+

Responsabilidade

Todos nós acompanhamos com profunda tristeza e indignação a tragédia ocorrida com o rompimento da barragem de rejeitos em Brumadinho no mês passado. As perdas pessoais, os sonhos destruídos e as terríveis consequências imediatas e de longo prazo para famílias, amigos e meio ambiente são terríveis e difíceis de mensurar, mas outros custos se apresentam de forma imediata e abrupta, principalmente para a Vale e seus executivos e acionistas.

Num primeiro momento as ações da empresa despencaram mais de 20%, fazendo a empresa perder dezenas de bilhões de Reais em seu valor de mercado. Estas perdas são o reflexo da punição imediata de investidores aos fatos ocorridos, em especial por se mostrarem reincidentes após o terrível acidente de Mariana em 2015. Logo após esta queda monumental houve uma recuperação no valor das ações da empresa, e agora percebe-se claramente que há uma enorme volatilidade dos ativos, com subidas e descidas abruptas a cada nova notícia ou especulação.

Para mim é doloroso e nada surpreendente que bancos, fundos de investimento e investidores profissionais insistam em especular com uma ação carregada de tantos fatos amargos e desesperadores. Em um mundo mais justo e mais responsável seria de esperar que a grande maioria dos investidores não quisessem sujar suas mãos com um dinheiro que parece ser ganho às  custas do meio ambiente, de vidas de trabalhadores e da destruição de comunidades inteiras de pessoas inocentes. Claramente esta não é a resposta que presenciamos agora!

Transfiro esta mesma avaliação para o nosso dia-a-dia como consumidores de produtos e serviços turísticos: quantos de nós deixamos de comprar e nos relacionar com empresas que demonstram falta de ética e descuido com o meio ambiente, com as pessoas ou com o bem-estar geral da sociedade? Qual nosso nível de preocupação em recompensar os negócios “éticos” e punir com o descaso aqueles que não fazem bem ao mundo que vivemos? Como pesquisamos e decidimos nossa preferência por hotéis, companhias aéreas e prestadores de serviços terrestres? Qual nosso nível de conhecimento e suporte de empresas que apresentam excelentes práticas sustentáveis?

Responsabilidade

Em algum momento seremos cobrados, direta ou indiretamente, por estas escolhas que fazemos ou que deixamos de exercer, mas precisamos entender que o melhor mecanismo de mudança e pressão para transformar o mundo passa por ações cotidianas dentro de nossas casas, com a adoção de hábitos responsáveis e por ensinar o aspecto ético de nossas escolhas aos nossos filhos. Tão importante quanto olhar a dor da tragédia, entender suas causas e cobrar veementemente para que jamais acontecem novamente é adotar essa postura preventiva em nossas escolhas diárias, seja dentro do supermercado, no quarto do hotel ou na hora de investir nossas economias. Se não agirmos, continuaremos espectadores e cúmplices indiretos das coisas erradas que insistem em castigar-nos. Já não passou da hora de mudar isso?


#featured
+

É Um Luxo!

Quando eu era moleque ainda pequeno nossa família passava muito tempo reunida na casa dos meus avós maternos. Lá encontrávamos uma multidão de primos, tios, agregados e vizinhos para ouvir música na enorme vitrola “high fidelity” da sala, ficávamos deitados no alpendre fresco com seu piso de cerâmica vermelha e acompanhávamos atentos os longos jogos de buraco que muitas vezes terminavam em discussão. Uma das lembranças mais vívidas daqueles bons tempos é do meu avô Egidio (vô Gidio ou Neca para os chegados), que abria um limão galego com seu canivete afiado, espremia o suco num copinho americano e completava o copo com sua pinga branquinha. Ele finalizava o ritual levando o copo à boca e dando um gole grande estalado, daqueles que emitem um som de satisfação no final, e dizia bem alto: “Eita! Isso aqui é um luxo!”

Para meu avô o luxo era sua pinga com limão, enquanto para muitos milhões de pessoas ao redor do mundo o luxo pode ser ter uma cama macia e um prato quente de comida ao fim do dia. O significado varia tanto que acaba quase sempre associado não apenas ao prazer ou conforto, mas a qualidades como sofisticação, raridade, preço alto, mordomia, exclusividade e tantas outras coisas gostosas. Assim está cristalizada a percepção geral de que luxo é invariavelmente algo muito caro. Mas o que é caro? Enquanto para muitos o “caro” é algo que não pode ser adquirido financeiramente, para tantos outros caro é algo inacessível mesmo com fortunas à disposição! Um fazendeiro acostumado ao silêncio e pradarias verdejantes talvez não considere a paisagem de sua varanda um luxo, enquanto um alto executivo da Faria Lima sonha diariamente com este visual enquanto está trancado em sua torre de aço e vidro.

Traduzindo para o turismo, as definições de luxo estão cada vez mais flexíveis, principalmente para aquelas pessoas que estão muito acostumadas a aproveitar as melhores coisas da vida, seja com orçamentos ilimitados ou experimentando oportunidades únicas. Luxo já não é mais hospedar-se em um hotel 6 estrelas, pois a cama e luxo de sua própria casa oferecem o mesmo conforto; luxo não é comer no famoso restaurante com 3 estrelas Michelin, mas talvez sentar no banquinho da cozinha de uma “nonna” em um vilarejo italiano e saborear seus quitues caseiros; luxo talvez não seja fazer viagens arrasadoras por lugares exóticos sorvendo a paisagem e as pessoas através das janelas de luxuosos carros, mas provavelmente embrenhando-se em festivais, ruelas e costumes locais saboreando o diferente. Enfim, o maior luxo para pessoas que já tem tudo é ter tempo! Tempo é o maior luxo que nossa sociedade tenta conseguir!

Uma vez que o viajante encontra o tempo, cabe a nós inserir o luxo que faz sentido para aquele indivíduo em sua programação. Pode ser uma cabana iluminada à luz de velas em uma praia deserta, ou um passeio de bike pelos campos da Escócia; o fundamental é não assumirmos que o luxo será igual para cada passageiro e escutarmos atentamente quais suas experiências passadas, seus gostos e suas vontades. Quando conseguimos identificar as emoções e sonhos que movem as pessoas e como elas desejam gastar seu luxuoso tempo nós atingimos o sucesso em nossa profissão, sempre respeitando as vontades e o dinheiro de nossos clientes. Valorizemos a cada dia o tempo de nossos clientes e tentemos sempre não julgar os dos outros através das nossos, inclusive no ítem orçamento! Este já é um excelente ponto de partida para entregar um luxo legítimo e inesquecível, muitas vezes gastando bem pouco.


#featured, Viagens
+

Ice Diving no Lago Baikal, na Rússia

Pra quem curte esportes extremos e muita adrenalina, a Rússia apresenta algumas atividades interessantes e de tirar o fôlego. Conheça a mais recente experiência que a Russkie Prostori está agora oferecendo para FITs ou grupos no Lago Baikal,  o maior lago de água doce da Ásia e o maior em volume de água do mundo. Para quem não conhece, o Baikal está entre a Sibéria e a Rússia, e foi inscrito no Patrimônio Mundial da Unesco.

Ice Diving no Lago Baikal, na Rússia
Lake Baikal

Como se não bastasse ser um dos mais belos lagos naturais do mundo, o Baikal não deixa de nos surpreender com novas atividades incomuns que não apenas são ecologicamente corretas, mas também nos permitem apreciar a natureza selvagem do lugar. Juntamente com Golfe e Vela no gelo, você também pode tentar mergulhar no Baikal. A experiência permite nadar com os habitantes do lago como focas e explorar grutas e cavernas submersas formadas de gelo.

Ice Diving no Lago Baikal, na Rússia

A espessura do gelo é de 20 cm (em janeiro) e 120 cm (em março). A visibilidade depende da camada de neve, mas devido à limpeza da água, o gelo é completamente transparente. Normalmente, até meados de março, é possível explorar tudo com luz natural. E mesmo olhando para cima a partir da profundidade de 40 metros, é possível ver a equipe em pé no gelo esperando pela sua vez. A temperatura da água é de em torno de 0 graus, e todo o equipamento será fornecido para os convidados. A atividade também é recomendada para os mergulhadores amadores.

Ice Diving no Lago Baikal, na Rússia


#featured, Experiências, Viagens
+

Tour de Vespa Sidecar em Singapura

Singapura é hoje considerado um dos países mais desenvolvidos do mundo. A pequena ilha ostenta os melhores indicadores sociais, além de esbanjar uma beleza arquitetônica singular. Mesmo com tanto progresso e modernidade, o destino ainda guarda um charme único pelas ruas de seus bairros antigos, lar de diversos grupos étnicos de origem árabe, indiana e chinesa, muitos dos quais chegaram à ilha como comerciantes e deixaram seus traços e influências na cultura, arquitetura e culinária.

passeio é feito a bordo de Vespas Sidecar por Singapura

A Destination Asia acabou de desenvolver um novo tour para explorar as antigas e charmosas ruas dos bairros tradicionais de Singapura. Um dos destaques desta experiência é o Kampung Glam, um dos distritos mais badalados da Cidade Leão, repleto de boutiques, cafés, bares, vida noturna, patrimônios e arte. Este emocionante passeio é feito a bordo de Vespas Sidecar, proporcionando a chance de ver a cidade a partir de uma infinidade de pontos de vista.  Adicionando um senso de aventura a esta atividade, os participantes serão instigados a interagir com os locais enquanto exploram o comércio. Podemos adicionar paradas dentro de uma padaria local ou observar o trabalho de um alfaiate, experimentar iguarias tradicionais, entre outras possibilidades. Há três durações possíveis para esta experiência: 60mins, 120mins ou 180mins, com uma capacidade máxima de 20 pessoas por tour.


#featured, Experiências, Roteiros
+

Viagens Essenciais – Avant Garde

Acabamos de lançar o nosso mais novo e ousado projeto para o mercado de viagens de lazer. Conheça o livro Viagens Essenciais, uma poderosa ferramenta para auxiliar o dia-a-dia dos agentes e operadores de viagem.

O livro é uma coletânea com os roteiros mais clássicos e vendidos do planeta Avant Garde, todos criados e assinados pelo nosso grupo de DMCs. Cada produto conta com a programação traduzida em português e com preços indicativos a partir de. Com esta ferramenta as agências e operadoras podem ganhar tempo e ter um ponto de partida para criar viagens inesquecíveis para seus clientes.

A cada página você se surpreenderá com uma nova maneira de explorar os destinos mais incríveis da Ásia, África, Europa e Oriente Médio.

Clique aqui para acessar a plataforma online.

Caso deseje receber uma cópia física em seu endereço – sem custos -, por favor envie um e-mail com o seu endereço e telefone para o e-mail: contato@agbrands.com.br.

Para maiores informações, entre em contato com o nosso time.


#featured, Experiências, Roteiros, Viagens
+

Inaugurada a passarela de vidro mais alta de Bangkok

Considerado um dos prédios mais inovadores do continente asiático, o Mahanakhon Tower é um marco arquitetônico da agitada cidade de Bangkok. Oficialmente o edifício mais alto da capital tailandesa, o Mahanakhon é um arranha-céu de 314 metros de altura que abriga um hotel, um observatório e residências.

Mahanakhon Tower a mais alta de Bangkok

O peculiar prédio em forma de pixels acaba de inaugurar uma nova atração de tirar o fôlego. Localizada no topo da torre, a recém-inaugurada Mahanakhon Skywalk é uma das mais altas passarelas de vidro do mundo.

Mahanakhon Skywalk é uma das maiores passarelas de vidro do mundo

A nova atração combina vistas deslumbrantes a novas alturas com uma animadora experiência digital à medida que os visitantes passam por um corredor de paredes digitais antes de entrar nos elevadores multimídia. A partir da plataforma de observação de vidro, a 310 metros de altura, os visitantes também podem acessar o bar mais alto da Tailândia no último andar, localizado no 78º andar. Com horário de funcionamento das 10h à meia-noite, os visitantes podem ver esta paisagem urbana durante o dia ou a noite.

Vai com: Destination Asia


Experiências, Roteiros, Viagem Exótica, Viagens
+

O Briefing

Todos os anos minha família se encontra para as festas de fim-de-ano e, na véspera de Natal, minha mãe faz uma receita antiga dos italianos que ela aprendeu muito jovem com minha avó. São as “graspellas”, uma espécie de rabanada feita com massa frita que depois é envolta em açúcar e canela. Vem gente da família toda comer e bater papo, e todos são unânimes em dizer que o quitute fica absolutamente igual às receitas antigas, tanto em seu sabor e aparência como nas infames calorias.

Minha mãe aprendeu a fazê-las porque teve o “briefing” da minha avó e também pôde vê-la fazer e praticar suas habilidades antes de falecer. O interessante é que nunca houve uma receita escrita para as tais graspellas até minha irmã resolver escrever o passo-a-passo do processo, pois ela quer estar bem preparada para quando chegar sua vez de assumir a tarefa.

Comunicação e informação

Assim como uma receita culinária, as viagens precisam partir de um briefing previamente desenhado para poderem dar certo. Um roteiro pronto (que podemos chamar de receita) escrito e publicado não garante que a execução será sempre perfeita e os passageiros ficarão plenamente satisfeitos, mas minimiza a chance de erros e possibilita fazer ajustes de acordo com o perfil do público, a época do ano e o destino escolhido assim como alguns cozinheiros colocam menos açúcar, mais manteiga ou suprimem a pimenta. No final, o que se busca é a satisfação de quem vai aproveitar o prato, de quem vai curtir a jornada.

Existe, porém, um grande problema com briefings: COMUNICAÇÃO! Quem quer pedir uma viagem, evento ou incentivo precisa estar munido de todas as informações que facilitem a elaboração de um programa, com os menores detalhes bem alinhavados para enxugar a possibilidade de erros. Já quem estará encarregado de executar a “receita” precisa ler atentamente, criticar, perguntar sobre possíveis divergências e estar muito seguro sobre o caminho a tomar antes de seguir adiante. Briefings bem feitos aumentam muito a chance de sucesso, assim como uma receita muito bem detalhada e com todos os pormenores permitem assar um bolo lindo e saboroso.

Da próxima vez que formos trabalhar num pedido pensemos como um grande “chef” ou cozinheiro. Antes de colocar recursos, tempo e esforço no processo de execução dediquemos um tempo extra ao preparo das instruções, checagem de cada item da receita, compra dos ingredientes e quais as expectativas de quem vai saborear aquela viagem inesquecível. Feliz 2019 com muito sucesso a todos!


Viagens
+

Um Mundo de Experiências by Avant Garde

Buscando inspirações? Fale com a gente e descubra um mundo de experiências Avant Garde! Selecionamos diversas atividades diferenciadas nos mais variados destinos para tornar uma viagem comum em algo extraordinário e único. Clique abaixo e descubra mais!

 


#featured, Esportes, Eventos, Experiências, Gastronomia, Incentivos, Roteiros, Viagem Exótica, Viagens
+

Aulas de culinária indiana com a Creative Travel

Dias 21, 22 e 23 de janeiro realizamos eventos para testar as habilidades da culinária indiana do time da Orinter, Selections, Kangaroo e algumas agências convidadas. Tudo planejado pela a Creative Travel e o time Avant Garde, foram noites de muito tempero, bebidas e comidas indianas, essas preparadas pelas mãos dos nossos masters chefs da área de turismo.

Além de muita comida, tivemos boas risadas, aprendizados e histórias com o diretor, e chef nas horas vagas, da Creative Travel, Rajeev Kohli, que foi quem ministrou e ajudou todos na hora do preparo dos pratos. Ficou com curiosidade sobre o cardápio? Veja abaixo algumas fotos das cooking classes e links para fazer download das receitas que são um sucesso!

Orinter Travel

Selections

Kangaroo Tours

Clique na imagem e faça o download das receitas!

Jeera Rice, Chicken Pasanda, Dal Fry e Pakoras
Jeera Rice | Chicken Pasanda | Dal Fry | Pakoras

Gostou? Caso decida aventurar-se na cozinha pelo mundo da culinária indiana, marca a gente @agbrands e use a hashtag #MyCreativeIndianDish.

Bom apetite!


#featured, Eventos, Experiências, Viagens
+

Estivemos na IBTM World!

Entre os dias 25 e 29 de Novembro participamos em Barcelona da IBTM World, uma das maiores feiras do segmento de eventos e incentivos do mundo. Levamos com a gente clientes e parceiros da Argentina, Brasil e México. Ao fim de nossas atividades em Barcelona, partimos para um pós-tour em Roma organizado pela Gastaldi Global DMC. Um dos highlights da viagem foi conferir alguns dos clássicos atrativos da cidade dirigindo carros vintage! Confira fotos do grupo e dessa experiência incrível que pode ser organizada para grupos de diversos tamanhos:


Viagens
+

Visite em primeira mão o Grand Egyptian Museum

Nos bastidores da história egípcia

Ainda em construção, o GEM – Grand Egyptian Museum (Grande Museu Egípcio) já é considerado o maior museu arqueológico do mundo, com abertura parcial prevista para o início de 2019 no Cairo. Read More


Experiências, Viagem Exótica, Viagens